top of page
  • Foto do escritorVan

Eu, Tu, Ela


Uma das curiosidades que as pessoas têm sobre um trisal é em relação à hora do rala-e-rola. Tem umas posições especiais? Precisa fazer malabarismo? Não, brincadeira, ninguém nunca me perguntou sobre malabarismo... apesar de que não duvido que devam imaginar coisas mirabolantes. Mas, de fato, nunca me perguntaram.


Eu não posso falar sobre todos os trisais na face da Terra, só posso falar sobre o meu. Mas imagino que seja mais ou menos igual para os demais. De qualquer forma, uma coisa é SEMPRE certa – cada um tem suas preferências na cama, seja a dois, seja a três ou a mais pessoas. E sexo é bom quando é uma coisa confortável e prazerosa para todos. Quando “encaixa” e todo mundo se sente bem. Se você também é um ser transante, sabe muito bem que tem que existir química, se não o sexo não vai ser incrível.


Voltando ao vuco vuco no trisal, da minha parte, o que eu acho mais maravilhoso quando estamos os três juntos é quando os 2 estão cuidando de mim. Ter 2 bocas, quatro mãos, um pau e uma boceta para mim é o paraíso! Fica tudo multiplicado. Quando é só uma pessoa, existe uma limitação física. Dependendo da posição, é ou a genital ou o peito... ou beija em cima ou beija embaixo... quando tem 2 pessoas isso não é mais limite. Você pode receber mais estimulação e beijos, em mais lugares, simultaneamente! Eu amo beijo e amo toque, então imagina... PA-RA-Í-SO!!


No geral, o nosso sexo acontece de forma espontânea e natural, a atenção fica um pouco mais focada em uma pessoa de cada vez, mas não tem nada tão diferente do sexo a dois. Como no meu caso somos 2 mulheres e um homem, rola meio que um revezamento (sem regra fixa) com a penetração. A única coisa que a gente sempre faz é se certificar de que todo mundo esteja feliz, seja gozando ou não. Quantas vezes forem necessárias (segredinho: o normal, pra gente, é mais de uma vez para cada um).


Uma posição que eu não vou esquecer (e que a gente nunca repetiu – lembra que eu falei sobre deixar fluir?), porque foi muito excitante para mim: aconteceu na minha cama, ele estava de joelhos, me comendo, eu estava deitada de costas na cama, meu quadril elevado. Eu adoro ver ele de joelhos quando estou deitada na cama. Sempre me dá muito tesão, sei nem explicar direito. Talvez seja porque, pelo ângulo, ele fica parecendo um deus grego do sexo, todo nu, aquela pele tão branca, olhando, de cima, nos meus olhos. Ela estava de quatro, me beijando na boca, e eu massageando o clitóris dela. Naquele momento, ela estava entregue. Gemia na minha boca, a vulva toda molhada. Eu me sentia conectada com os dois de uma forma inacreditável. Estávamos os três curtindo muito, nossa energia estava sincronizada, a excitação aumentando, o ápice chegando. Eu e ele gozamos. Ela ficou muito perto, não gozou por minha culpa. Acabei me distraindo porque comecei a gozar e não consegui continuar a estimulação nela até o orgasmo dela chegar. Ela não gozou junto conosco, mas logo em seguida, lógico! Independente disso, para mim foi uma transa mágica e linda.


Outra pergunta que passa na cabeça das pessoas: vocês só fazem sexo os três juntos? A resposta é não. Nem sempre os 3 estão disponíveis, nem sempre estamos os 3 juntos (na mesma cidade, mesmo país), nem sempre os 3 estão a fim, então trepamos de 2 em 2 com bastante frequência (ele e ela direto, por serem casados, óbvio). E vou te falar que sexo a três é gostoso demais, mas minha preferência ainda é só com ele ou só com ela de cada vez. A vantagem de ter 2 pessoas te dando prazer é imensa, mas, no nosso caso, em que temos sentimentos envolvidos, quando estou com apenas um deles, a intimidade é maior, a troca e o vínculo são fantásticos. Eu me sinto mais “satisfeita” por conta desse lado emocional.


Acho que quando é uma experiência majoritariamente física, o ménage ganha, porque tem mais estímulos, toda aquela coisa que já expliquei. Mas quando há um relacionamento com a pessoa, para mim não existe nada que se compare a se entregar para essa pessoa, ficar vulnerável e gerar prazer juntos, explorar o corpo um do outro com 100% de foco. Não existe competição para esse tipo de sexo.



266 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page